0 Comments

"Um vencedor é um sonhador que não desistiu." - Bill Cliton

Uma das coisas que, penso eu, fazem muitas pessoas desistir é a comparação entre "esforço" e "resultado". Acho que a maioria de nós entende que pode negociar com a realidade da seguinte forma: "eu faço isto e isto e aquilo, e quero que me dês em troca a realização deste ou daquele sonho". Como se a realidade quisesse saber da tua negociação para alguma coisa!

Acho que tu pensas que sim, que podes conversar com ela e convencê-la a dar-te o que tu pretendes em troca daquilo que estás disposto a fazer. Por isso quando começas um projecto, estabeleces acções e objectivos. Estas acções devem produzir aqueles resultados. Fazes as acções e, de resultados, pouco. Então pensas que não vale a pena o esforço e desistes.

Mas quem decidiu que determinadas acções deveriam produzir determinado resultado foste tu. Não quer dizer que o mundo te obedeça!

Se forem 2 da manhã e tu decidires que queres que o sol nasça dentro de meia hora, podes berrar, gritar, pular e arrancar os cabelos. O sol nascerá às 7h28, daqui a 5 horas e 28 minutos, como ditam as leis da realidade. Será que poderás fazer o sol nascer dentro de meia hora? É claro que podes: pegas num avião e diriges-te para leste. Resta saber se estás disposto a pagar o preço.

Não te esqueças que as leis da realidade raramente podem ser quebradas e terás de ser uma pessoa muito especial para o fazeres. A isto chama-se fazer um milagre e tu podes fazê-lo.

A principal qualidade que têm os fazedores de milagres é a de nunca desistirem, e, se a realidade não concordar com eles, eles mudam a realidade criando novas circunstâncias. Se não funciona de uma forma, experimentas de outra, trocas, alteras, crias, inventas.

Achas que és capaz de fazer uma coisa destas?

Eu tenho a certeza que sim, se tiveres ideias claras e nunca desistires do teu sonho. Quem diria que o velho Bill Clinton nos ensinaria hoje esta boa lição?

Fazer é Poder

0 Comments

"Não é porque as coisas são difíceis que não ousamos. É porque não ousamos que elas são difíceis". - Séneca

Aposto que já ouviste milhares de vezes a expressão "querer é poder". E ela é verdadeira até certo ponto. Digo "até certo ponto" porque o querer raramente é suficiente para conseguir alguma coisa. Não, o desejo é somente o primeiro passo, aquilo que coloca a paixão a arder e fornece energia para "fazer".

Eu gosto de dizer: "fazer é poder" porque é fazendo que vais tendo o poder.

Se te limitares ao desejo, viverás tantas frustrações que ficarás desiludido e amargo, mas se ousares fazer, mesmo sem todas as certezas, verificarás que tens muito mais recursos do que pensavas e vais expandir os teus limites.

Tornas-te mais humano, ou humana, e muitíssimo mais poderoso ou poderosa.

 

Truz-Truz

0 Comments

"Se a oportunidade não bate, construa uma porta." - Desconhecido

"Ai eu gostava tanto de ganhar a lotaria!", "era tão bom ter um aumento de salário!", "em vez de receber no correio contas para pagar, devia receber era cheques.", "eu gostava era de ser rico", "ou famoso", "adoraria ter aquele carro", "só eu é que não tenho sorte nenhuma".

Enquanto estás a pensar assim, vem um amigo e diz-te: "é pá, estou a ler um livro espectacular. Foi escrito por um gajo que era sem-abrigo e agora é multimilionário. E conta tudo o que ele fez." E tu respondes "então lê bem isso e depois conta-me como foi". Não estás nem aí.

E depois vês num site na internet: "oportunidade para mudar de vida", ou "atinja a sua independência financeira" e pensas: "é só esquemas manhosos" e nem sequer te dás ao trabalho de olhar duas vezes. Não estás nem aí.

Recebes um email de algum conhecido com um convite para uma conferência online que "irá reunir o pessoal que está a ter sucesso na internet" e tu não assistes. Não estás nem aí.

No dia seguinte lês um blog que fala da necessidade de acção, que o desejo não chega. E ficas a pensar: "eu lá agir, agiria, se pelo menos soubesse o que fazer..." e ficas na mesma, não perguntas, não investigas, não estás nem aí.

Repara bem na tua vida. Cada pensamento e cada acção que tens, constrói ou uma parede ou uma porta. A escolha é tua.

Precisas de paredes para te proteger, mas precisas de portas para sobreviver.

Já pensaste que as grandes fortalezas têm sempre muitas entradas e saídas, algumas delas secretas? Porque é sempre do exterior que vem a comida, as notícias, o conhecimento, o progresso.

Se construíres uma fortaleza somente com muros as oportunidades irão rodear as tuas muralhas e nem sequer têm oportunidade de bater porque simplesmente não existem as portas. Vais ficar sitiado pelo teu próprio medo e vais morrer pela fome e pelas doenças. Rasga portas na tua muralha, brechas na tua armadura, dá um salto na fé.

Eu digo-te com conhecimento de causa: sempre que te isolas, morres um pouco e sempre que te expões cresces um pouco.

Por isso constrói algumas paredes, mas não te esqueças de deixar pelo menos uma porta em cada uma, não vá a oportunidade da tua vida querer bater e não ter onde.

Hoje vou te falar do aspeto de influência que leva as pessoas a agir com mais velocidade: a escassez.

Falo em como te valorizares a ti próprio e como aumentar o teu valor no mercado, por forma a ganhares mais dinheiro e trabalhares menos horas.

Tu és uma pessoa valiosa. A tua influência é maior quanto maior é o teu valor por hora.

Significa que vais trabalhar pouco? Não. Significa que vais trabalhar o máximo mas vais te valorizar o máximo, para que cada hora de trabalho renda o máximo que tenha de render em todos os níveis: de influência, de dinheiro, de crescimento pessoal.Todas estas coisas compõe o teu valor enquanto pessoa no mercado.

Faz o pequeno exercício que digo no vídeo para saberes qual o teu valor no mercado.

 

[Este artigo contém um vídeo-treino de bónus)

.....................................

Marketing pessoal não é andar por aí a dizer "Sou O Maior!" :)

  • Não é "estabelecer-se como especialista" sem fazer "puta-ideia" do que é preciso fazer para ter os resultados.
  • Não é  ser superior a ninguém, nem condescendente, paternalista, com todos os outros.
  • Não é mostrar uma coisa que não se é.
  • Não é tentar convencer, nem aproveitar-se de ninguém
  • Não é ser "Chico-Esperto".

E há outras coisas que não é.

O QUE É eu explico no vídeo.

LOGO NOS PRIMEIROS MINUTOS DO VÍDEO vais ficar a saber porque é que saber isto é TÃO IMPORTANTE PARA TI.

Provavelmente tens andado a pensar "porque é que não tenho mais resultados?" e não sabias que a resposta poderia estar num vídeo (este), que encontraste num blog (este) e que quase, quase não chegaste a ver por simples preguiça (mas vais ver, certo?)

 

Na foto: com a minha esposa Melissa no deck acabadinho de construir e mobilar, na minha casa nova, no meio de um parque natural lindíssimo.

 

No vídeo falo dos resultados que consegui com o Marketing Pessoal.

Por causa dele vivo um estilo de vida bem interessante e é por esse motivo que fiz este vídeo. Para partilhar a minha experiência do que realmente funciona. Ensino sempre e só o que eu mesmo faço.

::::::::::::::::::::::::::::::::
Recebe os meus novos artigos, convenientemente, no teu email. Subscreve aqui.
:::::::::::::::::::::::::::::::::

VÊ O VIDEO E TOMA NOTAS, que pode ser bem interessante:

  • Categories
  • Recent Posts